Professor José Luiz

.
Introdução
Laser
CD
Difração
Interferência
O Espectroscópio
Pagina inicial
 
Difração de uma onda
 

Suponha que uma onda esteja se propagando na superfície de um líquido, e encontre uma barreira que interrompe a propagação de parte dessa onda

   
 
Observamos, então, um fato curioso: a parte da onda que não foi interceptada não se mantém em sua direção inicial de propagação. Ao passar pela barreira, a onda contorna o obstáculo, atingindo a região situada atrás da barreira. Dizemos que ocorreu difração da onda , isto é, a onda se difratou em torno do obstáculo.

Realizando diversas experiências, é possível verificar que a difração de uma onda em torno de um dado obstáculo depende do comprimento de onda Ÿ. Mantendo-se o mesmo obstáculo da figura, observaremos que:

· se o valor de Ÿ for bastante reduzido, a onda praticamente não contornará a barreira, isto é, quase não sofrerá difração
 
 
· se o valor de Ÿ for aumentado, a difração da onda, em torno da barreira, será bem mais acentuada.
· Portanto temos:
  A difração de uma onda é a propriedade que ela possui de contornar um obstáculo, ao ser parcialmente interrompida por ele. A difração da onda em torno de um dado obstáculo é tanto menor quanto menor for seu comprimento de onda
 
A difração da luz

Normalmente, quando a luz passa por um orifício, como o buraco de uma fechadura, por exemplo, vemos que ela não se difrata. De fato, observa-se que, após atravessar o orifício, a luz continua a se propagar em linha reta.

Se fizermos, entratanto, a luz passar por orifícios cada vez menores, teremos uma surpresa: quando o tamanho do orifício atinge valores muito pequenos (por exemplo, o orifício feito pela ponta de um alfinete em um cartão) observa-se que a luz sofre difração ao passar através desse orifício.

Esse fato esta representado na figura na qual vemos que o feixe luminoso de raios paralelos se espalha (se difrata) ao passar pelo orifício e, por isso, a mancha luminosa que o feixe projeta no anteparo apresenta um diâmetro muito maior que o do orifício. Tendo em vista essas considerações e lembrando que a difração é um fenômeno típico do movimento ondulatório(isto é, só ocorre com uma onda) podemos destacar:
 

  O fato de se observar que o fenômeno da difração ocorre quando a luz passa através de orifícios de dimensões muito reduzidas indica que a luz deve ser um tipo de onda com valor de Ÿ (comprimento de onda) muito pequeno
 
  Voltar ao Início


  Introdução | Laser | CD | Difração | Interferência | O Espectroscópio