Professor José Luiz

.
Introdução
Laser
CD
Difração
Interferência
O Espectroscópio
Página inicial
 
Interferência
 

Para você entender o que é o fenômeno da interferência, observe a animação, na qual temos duas fontes F1 e F2, acionadas simultaneamente por um dispositivo especial. As duas ondas originadas em F1 e F2, evidentemente, irão se superpor enquanto se propagam, sendo que a animação representa exatamente o resultado dessa superposição. Dizemos que duas ondas se interferem e a configuração adquirida é denominada figura de interferência.

Por que se forma a figura de interferência? A formação da figura de interferência deve-se basicamente aos fatos seguintes:

- as linhas formadas são constituidas por pontos que estão permanentemente em repouso, apesar de estarem sendo atingidos simultaneamente por duas ondas. Ocorre que as ondas chegam a cada um desses pontos de tal modo que a crista de uma delas coincide com o vale da outra e, por isso, os deslocamentos que cada uma iria produzir se anulam. Essa situação é descrita dizendo-se que houve interferência destrutiva das ondas, o ponto em repouso é denominado nó e cada linha constituida de nós é uma linha nodal;

- entre duas linhas nodais, a crista de uma onda chega juntamente com a crista de outra onda, o mesmo acontecendo com os vales dessas ondas. Então nesses pontos, os deslocamentos que cada uma povocaria, individualmente se adicionaria, gerando duplas cristas e duplos vales que se propagam entre as linhas nodais. Portanto, entre as linhas nodais temos interferência construtiva das duas ondas, isto é, um ponto nesta posição oscila com uma amplitude igual à soma das amplitudes das ondas que interferiram.

Resumindo:

   
  Em uma figura de interferência observam-se linhas nodais, constituidas por pontos permanentemente em repouso (interferência destrutiva) e duplas cristas e duplos vales sucessivos(interferência construtiva), propagando-se entre as linhas nodais
   
  Voltar ao Início


  Introdução | Laser | CD | Difração | Interferência | O Espectroscópio